• Comunicação

A importância dos Distintivos

Resenha feita por: Fares Camurça Furtado


Este (Os Distintivos Batistas Regulares, EBR - São Paulo, 2003) é um documento oficial dos batistas regulares. Trata-se de uma leitura obrigatória para todos os membros de igrejas batistas regulares, uma vez que é uma tentativa dos Batistas Regulares do Brasil escreverem uma miniconfissão da realidade do movimento. O próprio nome demonstra o aspecto central da obra: a separação (distinção). São 22 distintivos.


Há uma ênfase eminentemente eclesiológica: modo de governo, batismo, ceia, separação entre igreja e estado, separação eclesiástica. Cada distintivo apresenta um resumo da doutrina, com um breve histórico e apresenta as divergências / heresias a respeito daquela doutrina. Foi escrito sob uma perspectiva quádrupla: bíblico, representativo do movimento, acessível e prático-doutrinário. Termina com uma boa lista bibliográfica.


É interessante observar que os desdobramentos dos distintivos são mais intensos nas temáticas polêmicas e que fazem dos Batistas Regulares o que são: pneumatologia (afastamento do movimento carismático, com uma fundamentação cessacionista); eclesiologia (pois é a partir daí que os batistas se distinguem dos demais grupos), separação eclesiástica e escatologia (com destaque para o pré-milenismo e o arrebatamento pré-tribulacional).


Apesar de haver uma tentativa de negar a ênfase nos credos de outras denominações, somente a existência e o esforço para confeccionar um documento desta natureza já demonstra que há a necessidade de uma articulação doutrinária dos distintivos da denominação; sendo assim, a Bíblia é sistematizada de acordo com o que os líderes julgam ser a interpretação correta da mesma. Desta maneira, deve-se tomar cuidado ao criticar excessivamente a ênfase de algumas denominações em seus credos, pois à medida em que forem avançando no que Max Weber chama de rotinização, os batistas regulares também se valerão de seus “distintivos”.


A obra é muito boa naquilo que se propõe a oferecer ao movimento como um todo. A escrita é fluida, simples e teologicamente precisa. Repito que deveria ser lida por todos os batistas regulares e deveria ser atualizada (pelo menos é o que eu penso) nos quesitos divergências heréticas e/ou denominacionais, especificando o que se considera herético e o que se considera erro doutrinário; o documento poderia ser ampliado, abordando temáticas pertinentes à cultura, o movimento de secularização e relação com a Reforma Protestante.


Fonte: https://farescamurcafurtado.wordpress.com/2017/12/30/resenha-47-os-distintivos-dos-batistas-regulares-aibreb/

Brasil | (85) 98676-0973
  • Branco Facebook Ícone

Igrejas Batistas Regulares do Brasil

"Porque ninguém pode lançar outro fundamento além do que já foi posto, o qual é Jesus Cristo" (1Co 3.11)